Carregando

Buscar

Futebol

Ramírez desabafa sobre protestos da torcida do Inter: “Não sei se ajuda”

Compartilhe

O técnico Miguel Ángel Ramírez é um dos principais alvos da torcida do Internacional pela dase conturbada que vive o time neste início de temporada. O treinador espanhol disse que não sabe se a pressão feita pelos torcedores colorados sobre os jogadores é a forma mais adequada de obter melhores resultados.

“É normal querer resultado. Mas converter como hostilidade aos jogadores? Não sei se ajuda. É difícil transformar essa hostilidade em apoio e carinho. Temos claro onde estamos: um clube grande que terá pressão sempre para ganhar”, comentou o técnico de 36 anos.

João Felix

Ramírez ainda criticou o fato das manifestações da torcida no último sábado (29), que foram cobrar o treinador e os atletas no hotel em que estavam hospedados, ter tido repercussão e o apoio dos mesmos não ter virado notícia.

“Os entendo, mas há muita gente que talvez não faça ruído. No hotel foram protestar, mas por que não dizem quem foi apoiar? Tanto ontem (sábado) quanto hoje (domingo), havia gente na entrada do hotel na nossa chegada e saída apoiando. Não vende, não dá audiência aos programas. Tem gente descontente e é totalmente respeitável. As pessoas estão com fome de título e vitória. Esse clube há anos não consegue ganhar. O colorado quer a equipe campeã”, desabafou o canário.

Foto: Divulgação/Ricardo Duarte/SC Internacional

Em destaque