Carregando

Buscar

Futebol

Pernambuco diz não, mas São Paulo aceita: veja o posicionamento de cada estado sobre a Copa América

Copa América
Compartilhe

Após o anúncio da Conmebol de que a Copa América de 2021 seria realizada no Brasil, os governos de alguns estados do país começaram a se posicionar sobre serem sede da competição. Devido aos altos números de mortes e contágios da pandemia de Covid-19 no Brasil, há forte oposição popular quanto ao acontecimento do torneio.

Os primeiros governadores que se mostraram contrários à Copa América no Brasil foram os de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT). Ambos disseram que não há estabilidade e segurança epidemiológica para realização do evento, descartando então as sedes de Recife e Natal.

João Felix

Já o governo de São Paulo, comandado por João Doria (PSD), disse que “não fará objeção caso a CBF defina São Paulo como um dos locais de jogos da Copa América, desde que os protocolos do Plano São Paulo sejam obedecidos”. O governador Rui Costa (PT), da Bahia, também se mostrou à disposição de receber à competição, mas caso seja exigido ter público nos estádios ele irá vetar partidas na capital Salvador.

Além deles, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), também afirmou que não terá resistência contrária aos confrontos em Brasília e a Fundação Amazonas de Alto Rendimento (FAAR) disse que irá debater com a CBF mas é a favor da realização dos jogos em Manaus. O governador Mauro Mendes (DEM), do Mato Grosso, já teria inclusive entrado em contato com a CBF para articular as partidas em Cuiabá.

Os governos de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Ceará e Paraná ainda não tiveram um posicionamento oficial e estão aguardando um contato da CBF para ter uma definição sobre terem partidas nas capitais Belo Horizonte, Rio, Fortaleza e Curitiba. O presidente do Atlético-GO, Adson Batista, já ofereceu a CBF que alguns jogos sejam realizados no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia.

Foto: Divulgação/Lucas Figueiredo/CBF

Em destaque