Carregando

Buscar

Futebol

Ex-Liverpool, Daniel Sturridge é processado por não pagar recompensa após ter cão encontrado

Compartilhe

O ex-jogador do Liverpool e da seleção inglesa, Daniel Sturridge compartilhou em suas redes sociais, em julho de 2019, um pedido de ajuda após seu apartamento ser assaltado e o seu cachorro ser levado na invasão. Ele prometeu recompensa a quem encontrasse o animal.

Após 24 horas da postagem, um perfil respondeu dizendo saber do paradeiro do bichinho de estimação do ex-atleta. Foster Wahinsgton encaminhou vídeos e fotos para comprovar que sabia onde estava Lucci Lucky. Os dois se reuniram e resolveram a questão. No entanto, dois anos após o ocorrido, o homem não recebeu o valor da recompensa.

Sturridge postou no Twitter, na época do assalto, que a recompensa seria acima de 20 mil dólares, e alegou só querer o animal de estimação de volta. A publicação dizia: “‘Quem trouxer meu cachorro de volta, 20 mil, direto para cima (…) Traga meu cachorro de volta para este endereço. Vou me mudar amanhã ou no dia seguinte. Quero meu cachorro de volta e pagarei o que for, não importa, não importa o custo. 20 ou 30 mil, traga meu cachorro de volta. Você não vai receber mais do que isso de qualquer maneira, e se for, me avise e eu pagarei mais do que eles. Eu quero meu cachorro de volta”.

Foto de capa: Reprodução/Internet
João Felix

O homem afirmou que encontrou o cachorro da raça Spitz alemão na rua e depois que o ex-jogador ofereceu uma recompensa, estendeu a mão para ajudar. Mas diz não ter recebido um centavo do que foi oferecido e decidiu processar Sturridge por não cumprir o combinado. Segundo a “TMZ Sports”, Washington entrou com uma ação que afirma que o jogador de 31 anos deve a ele cerca de 37.000 dólares.

Confira as postagens:

Em destaque