Carregando

Buscar

Futebol

Ex-diretor financeiro do Cruzeiro pede bloqueio de R$233 mil de contas da equipe

Cruzeiro
Compartilhe

Flávio Pena, ex-diretor financeiro do Cruzeiro, entrou com uma ação de execução provisória contra a equipe mineira pedindo um valor de R$890.442,38. Segundo o “Globo Esporte”, a defesa de Pena está pedindo o bloqueio de R$233.032,77 mil em contas.

De acordo com Pena, ele teve suas contas bloqueadas no valor de R$300 mil pela Justiça Comum em ações realizadas a pedido da Raposa. Além disso, o ex-funcionário alega que está desempregado desde que foi demitido do clube. Vale lembrar que de lá para cá, ele teve resultado favorável em duas instâncias contra o ex-time.

“O reclamante (Flávio Pena) vem requerer que este d. Juízo faça justiça e USE A MESMA BALANÇA PARA DETERMINAR O BLOQUEIO IMEDIATO DOS VALORES INCONTROVERSOS DA PRESENTE EXECUÇÃO, valores estes que o Reclamado expressamente confessou ser devedor”

diz um trecho do documento

Em 2020, Flávio Pena acionou o Cruzeiro na Justiça do Trabalho e teve sentença favorável em primeira instância no valor de R$500 mil. A equipe recorreu pedindo a nulidade do processo alegando cerceamento do direito de defesa e pedindo a revisão de condenações em reajustes salariais, verbas rescisórias, FGTS, multas, horas extras e índice de correção monetária, mas foi indeferido.

Imagem: Marco Ferraz/Cruzeiro

João Felix

Em destaque