Carregando

Buscar

Futebol Stick

Jogador brasileiro tem apartamento atingido por foguete em Israel e pretende voltar ao Brasil

Compartilhe

O jogador brasileiro Higor Vidal passou por uma situação difícil em Israel na noite de quarta para quinta-feira (13). De acordo com informações locais, o meia-atacante do Hapoel Petah Tikva FC teve seu apartamento atingido por um foguete. Por seguir as recomendações, Higor e sua família não se machucaram porque estavam escondidos no bunker de segurança.

Em entrevista para o site “One”, o brasileiro afirmou que pretende voltar para o Brasil. “Minha esposa está comigo, empacotamos tudo no caminho de casa. Amamos Israel e não esqueceremos tudo o que eles fizeram por nós quando estivemos aqui. Mas vamos partir para o Brasil para ficar com nossa família”, disse.

Imagem: Reprodução/Petah Tikva

Ainda na mesma entrevista, Higor contou mais sobre o pesadelo que passou na ocasião. “Estou bem agora, felizmente. Todas as emoções se dissiparam, estou cercado pelos meus companheiros de equipe e estou com minha esposa. Felizmente, os jogadores vieram me ajudar no meio da noite e o nosso capitão me ajudou em tudo. Esta equipe é como a minha família aqui. E está claro para mim que tivemos muita sorte naquela noite”, iniciou. 

“O apartamento está completamente destruído, não tenho palavras para dizer sobre o que vi com meus próprios olhos. Na hora do alarme, desci para o abrigo do prédio com a minha mulher, é por isso que estou vivo agora. Depois da explosão, subimos as escadas e quando abri a porta vi que estava tudo estragado. Disse para mim mesmo ‘é uma loucura, meu Deus.’ Eu não sabia o que fazer, então escrevi para meus companheiros de equipe. Minha esposa começou a chorar. De repente, percebi que era aquilo que você sempre vê na TV. Tudo estava arruinado. A cozinha, a sala, nosso quarto. Havia fogo em todos os lugares”, completou.

Higor também relatou mais detalhes sobre a experiência. “Foi muito difícil para mim, mas tentei fazer de tudo para que minha esposa se sentisse confortável nessa situação. Liguei para nosso CEO, conversamos e dissemos que queríamos ir embora. É demais para mim, é muito assustador. Tudo o que acontece com a minha esposa me deixa mais estressado, temos uma filha a caminho porque ela está grávida e fiquei muito preocupada com isso. Depois da explosão, conversei com minha família em uma chamada de vídeo e todos viram de tudo – como a casa foi destruída, como era o prédio. Eles ficaram mais chocados do que nós”, disse.

João Felix

Em conversa no WhatsApp divulgada pelo “One”, Higor não escondeu o desespero com os companheiros de time. “Meu apartamento está queimando. Liguem para a emergência”, disse. “Saia”, “Você está bem?”, “O que?”, responderam os companheiros.

Imagem: Reprodução/One

Imagem de capa: Getty Images

Em destaque