Carregando

Buscar

Futebol

Árbitro do Nordestão, Francisco Carlos do Nascimento é afastado acusado de interferir em partida do Alagoano

Compartilhe

O árbitro Francisco Carlos do Nascimento, que apitou uma partida pela Copa do Nordeste deste ano, foi afastado das suas funções por 30 dias. A decisão partiu da Comissão de Arbitragem da Federação Alagoana de Futebol após uma suspeita de que ele tenha interferido no resultado do jogo entre CRB e Aliança, pela semifinal do Alagoano.

No entanto, a suspeita não é nova. Em 2018, o Ministério Público da Paraíba já havia denunciado o árbitro de manipular resultados no Paraibano, mas a acusação foi arquivada em 2020.

De acordo com as análises divulgadas pelo “UOL Esporte”, Chicão  interferiu ao marcar um pênalti inexistente a favor do CRB, no primeiro tempo, quando a equipe perdia por 1 a 0. A comissão irá investigar se foi erro, já que não houve falta dentro da área, ou se não foi proposital.

Foto de capa: Getty Images
João Felix

Devido à avaliação recebida na partida (6,6), ele ficará de fora do sorteio que definirá os árbitros e assistentes para as finais do Alagoano, marcadas para 15 e 22 de maio. A nota mínima exigida é de 7,0.

Em destaque