Carregando

Buscar

Futebol

Após pedido do Flamengo, Secretaria de Saúde não descarta público na final do Carioca

Compartilhe

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro afirmou na tarde desta quinta-feira, em nota, que vai avaliar a possibilidade de haver público no segundo jogo da final do Campeonato Carioca após reunião entre o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, e o prefeito Eduardo Paes.

O comunicado, no entanto, revela que não há a possibilidade de haver torcedores no estádio no primeiro jogo da decisão entre Flamengo e Fluminense, que acontecerá neste sábado no Maracanã, principalmente devido à fase da doença que a cidade do Rio de Janeiro está enfrentando.

“Em reunião com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), para jogos futuros, o Flamengo se propôs a apresentar um protocolo de segurança para ser avaliado. Qualquer decisão que venha a ser tomada pela SMS será baseada em critérios técnicos e científicos, visando a proteção à vida e o controle da pandemia, e após análise criteriosa do Instituto de Vigilância Sanitária (IVISA) e do Centro de Operações de Emergência (COE COVID-19 Rio)”, disse a nota.

Foto de capa: Getty Images
João Felix

De acordo com “Globo Esporte”, a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde reforçou a proibição de torcedores no estádio, com base no Decreto Rio Nº 48425, de 13 de janeiro de 2021, “que suspende temporariamente a presença de público em estádios e ginásios esportivos, está em vigor”. E afirmou que, “portanto, competições esportivas podem ser realizadas, porém sem público presente”.

O assunto começou a ser debatido na terça-feira, quando a diretoria rubro-negra mostrou interesse em ter os torcedores nas decisões. A Ferj apoiou a medida, mas a equipe tricolor se mostrou contrária à decisão.

Com isso, a federação deixou na mão dos dois clubes participantes a decisão final. Os gestores do Maracanã afirmaram que o estádio ter capacidade para receber os torcedores sem infringir os protocolos de segurança. E que já existe um plano de operação elaborado para a final.

Em destaque