Carregando

Buscar

Futebol

Presidente da Federação Italiana diz que Juventus será punida se continuar na Superliga

Compartilhe

A derrota por 3 a 0 para o Milan e a possível classificação para a Liga Europa não são os únicos problemas da Juventus. Isso porque Gabriele Gravina, Presidente da Federação Italiana de Futebol, informou que a equipe pode ser proíbida de participar de competições nacionais se permanecer na Superliga.

“As regras são claras: se a Juventus fizer parte da Superliga, não irá participar do Campeonato [Italiano]. Seria uma pena para os fãs, mas as regras são regras, e valem para todos”, disse Gravina à rádio “Kiss Kiss Napoli”.

Na sequência, ele completou aos microfones da “Radio Rai” que espera que a situação entre a Juventus, a Superliga e o Calcio seja resolvida em breve. “Estamos todos um pouco cansados ​​deste cabo-de-guerra contínuo entre estes três clubes [Barcelona, Real Madrid e Juve] e a UEFA. Espero poder mediar entre os bianconeri e a UEFA: isso não é bom para o futebol internacional, para o futebol italiano e nem para a própria Juventus”.

A Velha Senhora está em situação diferente do que vinha conseguindo nas últimas temporadas. Com 69 pontos, a equipe está na quinta colocação do Campeonato Italiano e pode conseguir uma vaga apenas para a Liga Europa.

Foto: Getty Images

João Felix

Em destaque