Carregando

Buscar

Futebol

Pai de Guardiola revela que não gostaria de ver o filho comandando a seleção

Compartilhe

O pai de Pep Guardiola concedeu uma entrevista ao “Super Deportivo Radio”, em que falou sobre seu filho após a volta do mesmo para uma final de Liga dos Campeões. Além disso, ele afirmou que não gostaria de ver o treinador na seleção da Espanha. 

“Não. Não sou ninguém que diga o que tem que ser, porque (Guardiola) fez 50 anos e sabe o que é bom para si e o que não deve fazer. Sim, te posso dizer que não quero que dirija a seleção espanhola, penso que não. Agora, voltar ao Barcelona como treinador ou como uma pessoa que dê conselhos não descarto, mas a seleção espanhola eu duvido”, disse Valentí Guardiola.

João Felix

O pai do técnico catalão ainda falou sobre o atacante Lionel Messi, do Barcelona, e uma possível transferência para o City. “Messi é um número à parte. Acho que não há clube no mundo que não o queira. Vi Messi jogar pela primeira vez no mini estádio com 12 ou 13 anos de idade e já fiquei maravilhado como ele jogou no Barcelona B. Ele é extraordinário. Há poucos como Messi. Acho que Pep não ficaria descontente em tê-lo neste Manchester City”, comentou o pai do treinador dos citizens.

Foto: Reprodução/FCBN

Em destaque