Carregando

Buscar

Futebol

Richarlison adere ao boicote em protesto contra abusos e descriminação online

Compartilhe

O brasileiro Richarlison, jogador do Everton, aderiu ao boicote às redes sociais liderado pelo futebol inglês. Assim, ele ficará 81 horas (sexta-segunda) sem publicar nenhuma atualizão em suas contas, em protesto contra abusos e descriminação na internet. O movimento teve início nesta sexta-feira (30), às 11h (horário de Brasília).

“Eu e toda o Campeonato Inglês estaremos ausentes das nossas redes sociais até a próxima terça, por todas as pessoas que sofrem abuso e discriminação online”, escreveu o atacante, que é bastante ativo na plataforma.

O movimento de boicote inicialmente foi uma iniciativa pessoal de Thierry Henry após ataques racistas a jogadores nas redes sociais nas últimas semanas. No entanto, a repercussão foi tamanha que a Federação Inglesa de Futebol decidiu fazer o mesmo. Além de Richarlison, Jordan Henderson (Liverpool), Kai Havertz (Chelsea), Lewis Hamilton (F1), entre outros, também se manifestaram.

Foto: Getty Images

João Felix

Em destaque