Carregando

Buscar

Futebol

Jogador do ÍBV, clube islandês, tira foto de colega nu e é demitido

Compartilhe

Um escândalo no vestiário do ÍBV, time islandês, resultou na demissão unilateral do jogador Gary Martin. O atacante admitiu ter tirado uma foto de outro jogador nu e compartilhado em um grupo do elenco. 

Antes da decisão do clube, o atleta assediado já havia entrado em contato com a polícia e iniciado um processo contra o colega. No entanto, Gary achou a demissão injusta e ameaça processar o clube para ser remunerado pela quebra de contrato. A informação foi divulgada pela diretoria da equipe nas redes sociais e também por Martin.

“Na semana passada, tirei uma foto dentro do vestiário, após uma vitória, de um jogador que tinha acabado de sair do banho e enviei um comentário que deveria ser engraçado. Embora muitas pessoas tenham achado a mensagem engraçada, o jogador da foto não pensou assim”, narrou o atacante inglês.

Foto de capa: Reprodução
João Felix

Como justificativa, Martin disse que essa não foi a primeira vez que o grupo de mensagens com 15 a 20 jogadores foi palco de nudes, inclusive fotos dele mesmo, e fez um apelo, afirmando que outros poderiam defendê-lo e confirmar a informação.

Porém a vítima do ocorrido, além de ter denunciado o caso para polícia, que resultou na demissão do inglês, não tem aceitado pedido de desculpas pela “brincadeira”.

“”Ele não quer me encontrar. Enviei-lhe uma mensagem em que humildemente me desculpo por tê-lo magoado, mas ele não responde. Fui à casa dele, mas ele não queria falar comigo. (…) Respeito a opinião do jogador e não tentei magoá-lo de forma alguma”, escreveu o inglês.

Em destaque