Carregando

Buscar

Futebol Stick

Paulo Baier invade campo e participa de briga generalizada no Catarinense

Compartilhe

Agora técnico do Próspera, Paulo Baier se envolveu em uma briga após a derrota do seu time contra o Avaí, pelo Campeonato Catarinense. O duelo que terminou em 1 a 0 para o Avaí na noite de domingo (25), contou com uma confusão protagonizada pelo ex-jogador. Ao fim do jogo, Paulo Baier invadiu o gramado para tirar satisfação com Alemão, zagueiro adversário. Em entrevista pós-jogo, o treinador, que foi expulso, explicou que Alemão chamou o Próspera de “timinho”.

“Sou tranquilo, mas não vou deixar um jogador chamar meus jogadores e meu clube de timinho. Então esse Alemão, que nem sei quem é, gritou na frente do nosso banco e chamou de ‘timinho’. Eu como comandante dificilmente me exalto, mas não admito desrespeitar meu clube e meus jogadores. Timinho jamais. Estamos dentro de uma proposta humilde, subimos em três anos para Série A (do estadual). Estamos nos estruturando e vem um cidadão que não jogou em lugar nenhum chamar de timinho?”, iniciou.

“Se surgir de novo, sou expulso de novo, sem problema nenhum. No meu comando não deixo chamar de timinho, ele faltou com respeito. Até Betão e Giovani (jogadores do Avaí) vieram falar comigo que ele errou. Espero que esse menino tenha consciência e possa pedir desculpas ao Próspera. Ele foi infeliz, não tinha necessidade. Tudo aconteceu por causa desse Alemão. Ele começou em um time menor e não teve humildade. Não vou aceitar isso”, completou. Veja imagens da briga:

João Felix

Imagem de capa: Reprodução

Em destaque