Carregando

Buscar

Futebol

Federação italiana cria medida para barrar avanços de projetos como o da Superliga

Compartilhe

A Federação Italiana de Futebol (FIGC) anunciou nesta segunda-feira uma nova medida para impedir projetos independentes, como o da Superliga da Europa, de avançarem. Neste caso, a nova regra proíbe as equipes italianas de participarem de competições que não sejam reconhecidas pela Fifa, Uefa ou pela própria Federação Italiana. 

O documento ainda traz uma condição para inscrição de clubes no campeonato nacional: “Para se inscrever no campeonato nacional, o clube compromete-se a não participar de competições organizadas por associações privadas não reconhecidas”, diz o comunicado. 

Vale lembrar que a Superliga europeia, antes de sofrer a debandada das equipes, reunia 12 dos maiores e mais ricos clubes do mundo. Entre eles estavam os italianos Inter de Milão, Milan e Juventus. Além disso, Andrea Agnelli, Presidente da Velha Senhora, era um dos grandes apoiadores do projeto ao lado de Florentino Pérez, do Real Madrid. 

 

João Felix

Foto: Reprodução/Getty Images.


Em destaque