Carregando

Buscar

Futebol

Goleiro do Paraná sofre concussão cerebral após dividida e precisa ser levado para o hospital

Compartilhe

Uma cena assustadora movimentou o futebol paranaense na manhã desta quarta-feira (21). Em duelo entre Paraná e Maringá, o goleiro Bruno Grassi precisou ser levado para o hospital após sofrer uma concussão cerebral. O goleiro se machucou em uma dividida com o atacante adversário e, no momento da colisão, sofreu amnésia. 

O lance aconteceu no primeiro tempo, quando Gui Sales, atacante do Maringá, recebeu a bola sozinho e foi avançando. Bruno precisou sair para evitar a finalização e acabou colidindo com o adversário. O goleiro levou uma joelhada na cabeça. Ele seguiu em campo por alguns minutos, mas precisou ser substituído.

João Felix

Imagem de capa: Reprodução

Em destaque