Carregando

Buscar

Futebol

Jornal: Manchester City e Chelsea têm dúvidas à continuidade da Superliga após reações negativas

Compartilhe

Os diretores do Manchester City e Chelsea, dois dos 12 times fundadores da Superliga Europeia, já têm dúvidas quanto à continuidade dos clubes no projeto do torneio. De acordo com o “The Guardian”, um executivo ligado a uma das equipes revelou a novidade.

O veículo também revelou que houve discussão interna do congresso da Uefa sobre o recuo da dupla inglesa. A razão para o questionamento é a repercussão negativa entre os torcedores, que protestaram desde ontem sobre a realização da Superliga.

Nos bastidores, a fonte revelou ao veículo que metade dos envolvidos são “fanáticos” e favoráveis à ideia, sem abrir mão de colocá-la em prática. O restante das equipes aceitou a participação apenas por motivos financeiros ou também por medo de ficar de fora caso o projeto “vingue”. No caso de City e Chelsea, pesou a segunda opção.

No entanto, até o momento, não há qualquer evidência que os dois ingleses reconsidere o movimento e desista da Superliga Europeia. Pep Guardiola, treinador do City, revelou ser contrário à ideia por falta de informações e detalhes, mas também atacou a Uefa: “Só pensa em si própria”.

Foto de capa: Getty Images
João Felix

Em destaque