Carregando

Buscar

Futebol

Braithwaite relembra infância na cadeira de rodas: “Vergonha por ser diferente”

Compartilhe

Martin Braithwaite, atacante do Barcelona, revelou que passou por dificuldades na infância, quando foi forçado a ficar em uma cadeira de rodas devido a um problema de saúde. Em entrevista para a “CNN”, o jogador falou que sentia vergonha por ser diferente. 

“Não tenho muitas recordações (da infância), porque foi um momento muito triste. Olhava para as outras crianças correndo, pulando, brincando… Foi um momento realmente muito difícil na minha vida. Me recordo da sensação, não sei como o dizer… Vergonha por ser diferente. Eu não queria aquele tipo de atenção”, disse.

Braithwaite sofreu da doença Legg-Calvé-Perthes, causadora de distúrbios no crescimento nos ossos e que lhe poderia ter provocado deformações no fêmur. Apesar do problema, o dinamarquês conseguiu realizar o sonho de virar jogador de futebol. “Sempre quis ser jogador de futebol, desde muito jovem não tinha outra coisa em mente. Não tinha um plano B e quando assim é não você não se distrai“, completou.

João Felix

Imagem de capa: Getty Images

Em destaque