Carregando

Buscar

Futebol

Nas redes sociais, organizada do Atlético-MG detona jogadores e escreve mensagem em tom de ameaça: “Aguardem”

Compartilhe

A derrota para o Cruzeiro, principal rival do Atlético-MG, segue incomodando os torcedores. Após a hashtag #ForaCuca se tornar uma das mais comentadas, a torcida organizada Galoucura se manifestou criticando a postura dos jogadores e fazendo ameaça ao elenco.

Nas redes sociais, integrantes da torcida relembraram que, antes do clássico, foram ao encontro de Réver, Arana e Victor, ex-goleiro, e Rodrigo Caetano para cobrar uma melhor atuação dentro de campo, principalmente no confronto do último domingo.

Após a partida, a Galoucura fez uma nova postagem nas redes sociais tecendo duras críticas em relação ao comportamento dos atletas em campo.

“Pelo visto, nossa reunião não valeu de nada. Escrevemos a carta aos jogadores, mas pelo jogo de hoje, muitos não devem ter lido. Em nossa reunião, o que mais exigimos foi raça, e os pipoqueiros não entenderam! Sem carrinho, sem vontade, sem garra! O time realmente pipocou na tarde deste domingo! Vergonha!”

Foto de capa: Reprodução/Galoucura
João Felix

“Nosso ex-rival na sua pior fase, amargando toda arrogância que sempre tiveram. Como falamos durante a semana, era a chance de jogar a última pá de cal. A camisa alvinegra é pesada demais, os jogadores, Cuca, diretoria, pelo visto não entenderam isso”. 

No fim, um trecho ameaçador: “Vergonha. Esse é o nosso sentimento após essa pífia partida! A MESMA TORCIDA QUE APOIA, É A QUE COBRA. AGUARDEM!”.

Mesmo com a derrota, o Galo segue líder isolado no Campeonato Mineiro com 21 pontos. O próximo desafio é no próximo domingo, no Mineirão, contra o Boa Esporte, às 16h (horário de Brasília).

Em destaque