Carregando

Buscar

Futebol

Maicosuel, ex-Botafogo, faz oferta para retornar ao clube: “Quero ajudar na Série B”

Compartilhe

Sem clube desde que deixou o Paraná em 2019, Maicosuel se colocou à disposição para reforçar o Botafogo na Série B. Em entrevista ao canal “Gigante Glorioso”, o jogador afirmou que aceitaria um contrato de produtividade para voltar ao antigo clube.

“Minha vontade é de poder ajudar. Faz muito tempo que não jogo e preciso estar num lugar onde me sinta bem, que eu me sinta em paz. Preciso treinar bem, estar feliz para reencontrar meu futebol. Estou com 34 anos, o modo de futebol talvez tenha mudado um pouco, mas quero ajudar. Estou bem, treinando e esperando uma oportunidade. É claro que a condição física está abaixo, estou magrinho, um pouco mais forte, mas para 34 anos estou bem”.

Maicosuel tem 34 anos e viveu o melhor momento da carreira na equipe carioca, sendo apelidado de Mago. Começou sua trajetória no Paraná, após passar pela base do Guarani e Atlético Sorocaba. Acumula passagens por Cruzeiro Desportivo Brasil e Palmeiras.

Foto de capa: Reprodução/Futebol Interior
João Felix

Ainda acrescentou: “Quero deixar claro que não quero menosprezar nenhum jogador do atual elenco. Sei que o Botafogo tem muito mais a oferecer a mim do que eu ao Botafogo, mas se fosse uma coisa boa para os dois, por que não? Nunca precisei jogar por dinheiro, roubar o clube. Quero ajudar, voltar a dar alegria, ter alegria, e o time certo seria o Botafogo, por tudo que eu passei. Seria uma coisa boa para os dois. Seria uma coisa normal, como em qualquer outro clube, um contrato de produtividade”.

Maicosuel revelou também sua rivalidade com o Flamengo e disse que jamais vestiria a camisa do Rubro-Negro. 

“Eu tenho vários amigos flamenguistas, joguei com vários que jogam lá atualmente. Mas fiz uma promessa para o André (Silva, vice-presidente de futebol na época) de que eu jamais vestiria a camisa do Flamengo. É até feio falar uma coisa dessa, mas eu aprendi a ser desse jeito no Botafogo, aprendi a amar o Botafogo. E o que o Botafogo não gostava, eu também não gostava”.

Em destaque