Carregando

Buscar

Futebol

Após vitória, Solskjaer reclama de postura de Heung-min Son e José Mourinho protesta

Compartilhe

Depois da vitória do Manchester United por 3 a 1 contra o Tottenham, os treinadores das duas equipes trocaram farpas. Primeiro, Ole Gunnar Solskjaer, do United, fez uma crítica direta ao atacante Heung-min Son, que em um lance de gol anulado do Manchester, ficou caído no chão por alguns minutos. “Eu preciso falar, se meu filho fica caído por três minutos e precisa de dez companheiros para levantar, ele ficaria sem comida (como castigo)”, disse o norueguês.

Minutos depois, José Mourinho rebateu o treinador adversário e saiu em defesa de seu jogador. “Son tem muita sorte que o pai é uma pessoa muito melhor do que o Solskjaer. Porque como pai você sempre tem que alimentar suas crianças, não importa o que eles façam. Eu já falei com Ole sobre o que eu penso de seus comentários”, comentou Mourinho.

No lance em questão, Edinson Cavani fez o gol que abriria o placar para o United. No entanto, Son sofreu uma falta no início da jogada e o gol foi invalidado. Minutos depois, o mesmo Son fez o gol que abriu o placar para o Tottenham. Na segunda etapa, os Diabos Vermelhos marcaram três gols, sendo um deles de Cavani.

João Felix

Imagem de capa: Getty Images

Em destaque