Carregando

Buscar

Futebol

Alerj volta atrás e decide vetar mudança de nome do Maracanã

Compartilhe

Cláudio Castro, vice-governador do Rio de Janeiro, tinha até esta terça-feira (06) para decidir pelo veto ou sanção do projeto de mudança de nome do Maracanã. Após pressão da mídia, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) decidiu não levar o projeto adiante, como informa o portal “UOL Esporte”.

No dia 09 de março, o projeto que alterava o nome do estádio para “Edson Arantes do Nascimento” foi aprovado. A ideia foi sugerida por André Ceciliano (PT) em conjunto com Bebeto (Pode), Marcio Pacheco (PSC), Eurico Junior (PV), Carlos Minc (PSB), Coronel Salema (PSD) e Alexandre Knoploch (PSL). Durante plenário nesta terça, Ceciliano falou sobre o veto.

“Eu disse aqui que não haveria nenhuma dificuldade em recuar. Entendendo a posição de cada parlamentar, fiz a defesa do projeto. Então, como disse o poeta: ‘Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante’. Recebi uma mensagem dizendo que fiquei arrependido de ter apresentado o projeto. Em nenhum momento eu disse isso, pelo contrário, eu fiz a defesa do projeto, mas aqui é uma casa de entendimento e achei por bem conduzir dessa forma”, disse.

Foto: Getty Images

João Felix

Em destaque