Carregando

Buscar

Futebol

Árbitro é condenado a prisão na Sérvia por marcar pênalti inexistente

Compartilhe

O árbitro sérvio Srdjan Obradovic foi condenado a 15 meses de prisão por abuso de poder. Além da prisão, Srdjan também foi proibido de exercer qualquer cargo na Federação Nacional de Futebol por dez anos. De acordo com informações da agência de notícias sérvia “Tanjug”, a sentença foi proferida pela Câmara Anticorrupção do Tribunal Superior de Novi Sad e Srdjan ainda pode entrar com recurso.

Em 2018, o juiz marcou um pênalti que não existiu no duelo entre Spartak Subotica e Radnicki Nis. Na partida em questão, o Spartak venceu por 2 a 0 após dois pênaltis, sendo um qualificado como “escandaloso”. A equipe também estava com um jogador a mais. Confira o lance abaixo.

João Felix

Imagem de capa: Reprodução/Twitter

Em destaque