Carregando

Buscar

Futebol

Sport pode perder mando de campo e sofrer multa por invasão de diretoria no gramado

Compartilhe

Após o polêmico empate por 1 a 1 com o 4 de julho na última quarta-feira (17) na Ilha do Retiro, pela terceira rodada da Copa do Nordeste, parte da diretoria do Sport invadiu o gramado para reclamar com a arbitragem. Devido a tal ato, o clube recifense pode ser punido com a perda de até dez mandos de campo na competição regional e no Campeonato Pernambucano e sofrer uma multa de até R$ 200 mil.

Na súmula da partida, o árbitro Adriano Barros Carneiro registou a invasão do diretor de futebol do Leão, Fred Domingos, além de ofensas do dirigente, o que vai contra o Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

João Felix

De acordo com o que o juiz do jogo relatou no documento, Fred proferiu as seguintes palavras direcionadas à arbitragem: “Seus fracos, vagabundos, ladrões, vocês roubaram o Sport, o que aconteceu aqui hoje foi um roubo, pode colocar na súmula que eu sou o diretor do Sport. […] “Seu fraco, ladrão, vagabundo, você anulou dois gols seu ladrão. Nada mais ouvi. Informo que senti-me ofendido em minha honra”.

Veja o que diz o Art. 13 do CBJD, que cita em especial a invasão de campo:

“PENA: multa de R$ 10.000,00 (dez mil reais) a R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) e perda do mando de campo de uma a dez partidas […] Incide nas mesmas penas a entidade que, dentro de sua praça de desporto, não prevenir e reprimir a sua invasão bem assim o lançamento de objeto no campo ou local da disputa do evento desportivo”.

Foto: Divulgação/Anderson Setevens/Sport Club do Recife

Em destaque