Carregando

Buscar

Futebol

Diretor do São Paulo diz que Jean não será reintegrado ao time: “Ele errou e deve pagar”

Compartilhe

Convidado para o programa dos jornalistas Eduardo Tironi e Arnaldo Ribeiro, o diretor de futebol do São Paulo, Carlos Belmonte, afirmou que o goleiro Jean não será reintegrado ao time principal do clube. O jogador estava emprestado ao Atlético-GO e voltou ao Tricolor Paulista no início da atual temporada. O principal motivo do não aproveitamento do goleiro é a acusação de agressão feita pela esposa há mais de um ano.

“O fato ocorrido é inadmissível. O São Paulo não pode compactuar com o ocorrido. Ele errou e deve pagar por esse erro, mas, depois disso, não pode achar que a carreira dele acabou. É um erro inadmissível. Ele não será integrado ao elenco principal, estamos procurando um caminho. Fez um campeonato excelente, mas no São Paulo é um desgaste muito grande. Eu torço para que ele possa continuar a carreira e repensar o ato horroroso que cometeu lá atrás”, disse Belmonte.

Em dezembro de 2019, Jean foi preso nos Estados Unidos após sua esposa, Milena Benfica, o acusar de agressão por meio de vídeos publicados na internet. Um mês depois, já em 2020, a promotoria do Estado da Flórida solicitou à Justiça que o caso fosse arquivado. O contrato de Jean com o São Paulo foi suspenso e depois ele foi emprestado para o Atlético-GO.

João Felix

Imagem de capa: Heber Gomes/Atlético-GO

Em destaque