Carregando

Buscar

Futebol

Depois de Alan Ruschel, Jakson Follmann também se despede da Chapecoense

Compartilhe

O ex-goleiro Jakson Follmann assinou, na última terça-feira (16), a rescisão de seu contrato como embaixador oficial da Chapecoense, cargo que exerceu nos últimos quatro anos. Ele foi o segundo dos três jogadores sobreviventes à tragédia de 2016 a sair do clube catarinense – o lateral Alan Ruschel se transferiu para o Cruzeiro em fevereiro e o ex-zagueiro Neto segue exercendo cargo de superintendente na diretoria.

Follmann irá agora se dedicar a carreira de cantor e palestrante. Nos últimos anos, ele representou a Chape em eventos ao redor do mundo, como o Prêmio Laureus, e deu palestras. Além disso, o ex-goleiro venceu o programa “Popstar”, da “TV Globo”.

João Felix

Confira a carta de despedida da Chapecoense escrita por Jakson Follmann enviada ao “Globo Esporte”:

“Desde ontem, dia 16 de março, meu vínculo profissional com a Chapecoense terminou. Nunca imaginei na minha vida que entraria neste Clube como um rapaz sonhador e sairia dele imortalizado como um exemplo de motivação e superação. Aquele time de 2016, conquistou não só o coração de Chapecó, de Santa Catarina, mas também do Brasil e do Mundo. Minha relação com a Chape é eterna. É meu time do coração e vou levá-la para toda minha vida. Aqui, conquistei as maiores glórias da minha carreira e também tive os maiores sofrimentos da minha vida. Tive uma relação incrível com o time e a torcida, que é a principal responsável pela minha paixão por este clube tão querido. Meu coração segue como de um “Índio Guerreiro”. Serei eternamente grato ao que representa a Chape na minha vida um abraço a todos.”

Foto: Divulgação/Márcio Cunha/Associação Chapecoense de Futebol

Em destaque