Carregando

Buscar

Futebol

Joan Laporta obtém endosso de 125 milhões de euros e é o novo presidente do Barcelona

Joan Laporta
Compartilhe

Apesar de ter vencido as eleições no Barcelona, Joan Laporta precisava do endosso para se tornar presidente do clube. No entanto, nesta terça-feira, ele conseguiu arrecadar os 125 milhões de euros (cerca de R$ 836 milhões) faltantes para assumir ao cargo que foi eleito. As informações foram divulgadas pelos jornais “Cuatro”, “Mundo Deportivo” e “Sport”. 

Laporta e sua equipe perderam diversos fiadores, pois não consideravam o projeto criado economicamente seguro. A garantia atual contará com a participação do Banco Sedabell e da Audax, dos mais importantes fiadores e cuja presença esteve muito perto de diminuir poucas horas antes.

Depois de arrecadar a quantia e as assinaturas, o documento será enviado à Liga, presidida por Javir Tebas, que terminará de validá-las. Assim que for analisado e dentro do esperado, Laporta será apresentado oficialmente como o novo presidente do Barcelona. A expectativa é que o anúncio seja feito nesta quarta-feira.

Foto de capa: Getty Images
João Felix

Laporta teve que desembolsar a quantia milionária devido à Lei do Desporto de 1990, que obriga ao novo presidente ter 15% do orçamento das despesas do clube. A lei é usada pelo estatuto do Barça. 

Além disso, a exigência, que foi fundamentada para que a Liga Profissional de Futebol (LPF) desse sinal verde à presidência dos clubes, deve ser cumprida em até dez dias corridos entre a eleição e a posse. O prazo terminaria na quarta-feira (17), mas foi cumprido em tempo pelo novo presidente.

Em destaque