Carregando

Buscar

Futebol

Ídolo do clube, Thierry Henry admite sonho de treinar o Arsenal

Compartilhe

Thierry Henry tem se dedicado a uma nova carreira no futebol, como técnico, desde que anunciou sua aposentadoria dos gramados em 2014. O craque francês teve seu último trabalho encerrado em fevereiro deste ano, no Montreal Impact, do Canadá. Agora, em entrevista ao site da “FourFourTwo”, Henry não escondeu seu desejo de comandar o Arsenal, clube em que é ídolo.

“Se você perguntar a um torcedor do Arsenal se ele gostaria de treinar o time um dia, ele diria que sim. Se você perguntar se ele gostaria de marcar um gol pelo Arsenal, ele diria ‘sim’. As pessoas se espantam sempre que digo que é o meu clube, mas está no meu sangue”, afirmou Henry.

Apesar do desejo de treinar o clube do coração, Henry reconhece que ainda está em “aprendizado” na função de treinador. Desde que encerrou a carreira, o francês foi auxiliar na seleção belga e técnico do Mônaco antes de assumir o Montreal Impact.

João Felix

“Eu sou um torcedor do Arsenal. Se você me perguntar se um dia eu quero treinar o clube, então sim. Mas é uma utopia, estou longe disso. Eu estou aprendendo e focado no que posso controlar. Claro que falo com Guardiola e com Wenger sempre que o encontro. Agora, como treinador, quero saber das coisas”, completou.

O ex-atacante é o maior artilheiro da história do Arsenal com 228 gols marcados e é o principal nome da campanha do último título conquistado pelos Gunners na Premier League de forma invicta em 2003/2004.

Foto de capa: Getty Images

Tags

Em destaque