Carregando

Buscar

Futebol

Sir Alex Ferguson revela que esteve perto de morrer em 2018

Compartilhe

Em um documentário que está prestes a ser lançado, “Never Give In”, o ex-treinador Sir Alex Ferguson, de 79 anos, contou que teve 80% de chance de morrer após sofrer de hemorragia no cérebro em maio de 2018.

“Eu me lembro caindo e depois disso de mais nada. Foi de repente. Simplesmente tudo parou”, disse Ferguson.

João Felix

Seu doutor afirmou ainda recordar a estimativa de sua mortalidade: “Naquele ponto, havia 80% de chance de que ele não sobreviveria”.

Ferguson revelou que a recuperação da operação foi terrível: “Perdi minha voz, não podia dizer uma palavra. Pensava: ‘Será que é isso? Nunca falarei novamente?'”, comentou.

Foto de capa: Getty Images

Tags

Em destaque