Carregando

Buscar

Futebol

Real Madrid e Barcelona terão que devolver dinheiro de impostos não pagos à Justiça da Espanha

Compartilhe

O Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE) anulou uma decisão de 2019 que justificativa a ausência de pagamento de impostos por parte do Real Madrid, Barcelona, Osasuna e Athletic Bilbao. Segundo o jornal “Marca”, a entidade rejeitou um recurso feito pelo Barça.

A Espanha deve iniciar o processo de recuperação do auxílio estatal do qual os clubes se beneficiavam desde 1990. De acordo com a publicação, as equipes se utilizavam de uma taxa de imposto de 25% em vez de 30%. Em 2016, o TJUE ordenou que os quatro citados devolvessem cerca de €5 milhões (R$33,51 milhões) em impostos.

Em 1990, uma Lei aprovada na Espanha que propunha aos times espanhóis se tornarem Sociedades Anônimas, com o objetivo de promover a transparência na gestão, e esse foi o argumento utilizado para a anulação de cobrança em 2019. No entanto, havia uma brecha para equipes com resultados positivos nos anos anteriores à Lei, caso de Real Madrid, Barcelona, Osasuna e Athletic Bilbao.

O TJUE agora entende que o Tribunal Geral cometeu um erro anteriormente ao decidir a favor do argumento da Comissão de Luxemburgo, que defendeu os times espanhóis, reforçou que não aceitou o recurso interposto pelo Barcelona e deve cobrar a dívida.

Foto: Getty Images

João Felix

Em destaque