Carregando

Buscar

Futebol Stick

Com brasileiro na 17ª colocação, site divulga ranking dos laterais mais valiosos do mundo

Compartilhe

Pelo segundo ano consecutivo, o Brasil não aparece entre os primeiros colocados no ranking de laterais mais valiosos do mundo. De acordo com o site “Transfermarkt”, as primeiras dez colocações são dominadas por ingleses e portugueses.

Trent Alexander-Arnold, do Liverpool, é o número um do ranking e tem valor estimado em 110 milhões de euros. O representante brasileiro mais caro no momento, no entanto, aparece na 17ª colocação. Emerson, do Betis, custa 20 milhões de euros (cerca de R$ 130, 6 milhões). 

Além do jovem de 22 anos, apenas outro garoto brasileiro aparece entre os 50 jogadores mais valiosos na posição: Dodô, do Shakhtar. Com preço estimado em 18 milhões de euros (aproximadamente R$ 117,6 milhões), ele ocupa a 48º lugar na lista do site.

Foto de capa: Getty Images
João Felix

O top 10 dos laterais direitos mais valorizados do mercado global desta temporada tem duas novidades em relação ao de 2020: as presenças do português Nélson Semedo, do Wolverhampton, e do inglês Reece James, do Chelsea.

Dos dez defensores pela direita mais caros da atualidade, quatro são ingleses (Alexander-Arnold, Wan-Bissaka, James e Kyle Walker) e três, portugueses (Semedo, João Cancelo e Ricardo Pereira). Confira os dez primeiros colocados do ranking:

Os 10 laterais direitos mais valiosos do mundo na atualidade

1 – Trent Alexander-Arnold (ING, Liverpool) – 110 milhões de euros
2 – Achraf Hakimi (MAR, Inter de Milão) – 50 milhões de euros
3 – Aaron Wan-Bissaka (ING, Manchester United) – 40 milhões de euros
Dani Carvajal (ESP, Real Madrid) – 40 milhões de euros
Kyle Walker (ING, Manchester City) – 40 milhões de euros
6 – João Cancelo (POR, Manchester City) – 36 milhões de euros
7 – Benjamin Pavard (FRA, Bayern de Munique) – 35 milhões de euros
Nélson Semedo (POR, Wolverhampton) – 35 milhões de euros
Reece James (ING, Chelsea) – 35 milhões de euros
10 – Ricardo Pereira (POR, Leicester) – 32 milhões de euros.

Em destaque