Carregando

Buscar

Futebol

Muro de São Januário é pichado, mas torcida organizada do Vasco nega que tenha se envolvido

Compartilhe

O Vasco da Gama vive momentos tensos na reta final do Campeonato Brasileiro, em que busca a permanência na Série A. Dessa maneira, o muro de São Januário foi pichado na noite da última terça-feira (9) com os dizeres “Fora Salgado”, fazendo referência ao presidente Jorge Salgado, que assumiu o clube há 20 dias. A frase ainda foi assinada pela Força Jovem do Vasco, mas a torcida organizada negou que sido a responsável pelo ato.

Além de pedir a saída do mandatário cruz-maltino, outros dizeres no muro o chamavam de “ladrão” e “golpista”. Os primeiros resultados da 35ª rodada do Brasileirão colocaram o Gigante da Colina de volta na zona de rebaixamento. Contudo, o clube pode sair nesta quarta-feira (10) do Z4, caso não seja derrotado para o Fortaleza, na Arena Castelão, às 19h15.

João Felix

Confira a nota da Força Jovem do Vasco sobre o caso:

“A diretoria do G.C.T.O. FJV vem através deste, esclarecer que não tem nenhum vínculo com pichações feitas nesta madrugada, no muro de São Januário.

Lamentamos que tenham pessoas mais preocupadas em ter candidato X ou Y no poder, do que com a atual situação em que se encontra o Club de Regatas Vasco da Gama.

Entendemos que o momento agora é de total apoio ao elenco, focando exclusivamente na permanência da equipe na série A.

Por fim, não admitimos e não compactuamos com a vandalização do nosso patrimônio histórico.”

Foto: Reprodução/Internet

Em destaque