Carregando

Buscar

Futebol

Bisneto de Mussolini, ditador fascista, assina com a Lazio

Compartilhe

A Lazio assinou um contrato profissional com o atleta Romano Floriani Mussolini, bisneto do ditador fascista italiano Benito Mussolini. O jogador nascido em 2003 já fazia parte das categorias de base da equipe de Roma e agora irá integrar o elenco sub-18. Assim, o acordo foi feito pelo fato dele ser visto como um lateral-direito com bastante potencial.

A mãe de Romano, Alessandra Mussolini, tentou afastar as polêmicas envolvendo o histórico da família para não atrapalhar o desempenho do filho. Ela afirmou que quer o jovem focado na Lazio, em seu futuro, sem interferências externas. Desse modo, a neta do ditador preza pela não ligação entre política e futebol na carreira do atleta.

João Felix

O acordo, todavia, claramente levanta polêmicas, uma vez que a Lazio tem relações passadas com o movimento fascista e Benito Mussolini foi um dos maiores aliados de Adolf Hitler na 2ª Guerra Mundial. A torcida do clube possui em seu histórico atos como cantos racistas a jogadores e torcedores negros, críticas à diretoria por contratar aletas de origem judia. 

Além disso, outros casos como proibição de mulheres nos degraus da arquibancada e idolatria a um jogador que comemorou uma vitória fazendo um gesto eternizado por Mussolini, tido como um dos torcedores símbolo da Biancoceleste. O principal medo é que a contratação de Romano encoraje a volta aos estádios de fãs radicais.

Foto: Reprodução/II Gazetino

Em destaque