Carregando

Buscar

Futebol

Governo saudita faz oferta de R$ 40 milhões para ter Cristiano Ronaldo como promotor de turismo; Atacante recusa

Compartilhe

Cristiano Ronaldo recusou uma proposta de 6 milhões de euros (R$ 40 milhões) para promover o turismo na Arábia Saudita. A informação foi dada pelo jornal inglês “The Telegraph”. CR7 teria sua imagem utilizada em campanha de ações promovidas pelo governo local com intuito de atrair turistas para o país, fato que tornaria a economia menos dependente do petróleo.

A publicação informou que Lionel Messi também foi procurado pelas autoridades sauditas, no entanto, ainda não se sabe qual foi a resposta dada pelo estafe do argentino. O reino da Arábia vê o futebol como uma forma de tentar limpar sua imagem, visto que inúmeras acusações foram feitas por envolvimento em crimes contra a humanidade.

O governo saudita recentemente tentou a aquisição do Newcastle United, da Inglaterra. Contudo, a repercussão negativa fez com que o negócio desse errado. Em 2020, o país foi sede da Supercopa da Espanha, recebendo os times do Atlético de Madrid, Barcelona, Real Madrid e Valencia. Apesar do sucesso, a parceria foi criticada pela população espanhola.

João Felix

Em destaque