Carregando

Buscar

Futebol

Cruzeiro é acionado na Justiça por Zé Eduardo, que move ação de mais de R$2 milhões e pede rescisão do contrato com o clube

Compartilhe

O Cruzeiro terá que lidar com mais uma ação jurídica nas próximas semanas. O atacante Zé Eduardo, que não vem sendo aproveitado por Felipão e treina em separado do restante do elenco na Toca da Raposa, acionou o time mineiro na Justiça do Trabalho buscando uma rescisão indireta de seu contrato. O valor da causa seria de R$2.084.164,00, como compensação.

O atacante de 21 anos foi contratado pelo Cruzeiro em 2019, porém, não recebeu sequência de jogos entre os profissionais e, em 2020, passou por empréstimos ao Villa Nova-MG e América-RN. O técnico Ney Franco pediu seu retorno ao time da Raposa para reforçar o elenco durante a disputa da Série B, porém, o atleta só foi utilizado na última partida que o treinador comandou a equipe.

João Felix

Depois, Zé Eduardo acabou sendo envolvido em tentativas de empréstimos frustradas. O principal episódio envolveu o América-RN, em que as negociações chegaram ao ponto do jogador viajar até Natal, porém, um entrave na porcentagem do vínculo do jogador com o Cruzeiro desfez o negócio entre os dois clubes.

Desde este caso, o atleta faltou a duas sessões de treinamento e a diretoria determinou que Zé Eduardo deveria treinar em separado, algo que não agradou o jogador, gerou um mal-estar entre as duas partes e, aliado aos atrasos salariais, culminou na tentativa de rescisão do contrato.

Foto: Gustavo Aleixo

Tags

Em destaque