Carregando

Buscar

Futebol

Avaí alega interferência externa e protocola pedido de anulação da partida contra o CSA

Compartilhe

O Avaí oficializou que irá em diante com o pedido de anulação da partida contra o CSA, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O clube acredita que houve uma “interferência externa” durante o jogo, que culminou na substituição de Valdívia, ainda no intervalo. A CBF informou ao clube que o meia jogou os 45 minutos infectado com a Covid-19.

Nesta segunda-feira (18), o Avaí oficializou a nota por meio de publicação no Twitter. De acordo com o jurídico do clube, o pedido já foi protocolado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Ao término da partida, o presidente do Avaí, Francisco Battistotti, disse que iria pedir a anulação da partida.

João Felix

O laboratório que fez os testes da partida afirmou que irá tomar medidas cabíveis contra as acusações do Avaí. Valdívia ainda fez uma contraprova, no domingo, e testou positivo mais uma vez. A CBF se posicionou, por nota, desta forma:

1 – Conforme previsto no protocolo das competições, todos os jogadores do Avaí realizaram testes antes do jogo diante do CSA, com resultados negativos.

2 – Visto que o Avaí tem jogo marcado para a próxima terça-feira, 19, diante do Juventude, os atletas foram submetidos a novo exame neste sábado, em laboratório escolhido pelo clube, no qual foi detectado o resultado positivo do jogador Valdívia.

3 – Durante o primeiro tempo do jogo de hoje contra o CSA, o Supervisor da partida foi informado do resultado do exame por um profissional credenciado do laboratório responsável. Por zelo, comunicou ao médico do Avaí que, após confirmar o resultado do exame enviado pelo laboratório, tomou a decisão de retirar o atleta do jogo.

Imagem de capa: Avaí

Em destaque