Carregando

Buscar

Futebol

Por dívidas com a CET, Justiça bloqueia quase R$15 milhões das contas do Corinthians

Compartilhe

O torcedor corintiano tem mais um motivo para se preocupar com as finanças do clube. Além de não viver momento próspero em termos financeiros, o Timão teve conhecimento, nesta última sexta-feira (16), que um processo movido pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), empresa que gere o trânsito na cidade de São Paulo, fez com que a justiça bloqueasse R$ 14,3 milhões de suas contas.

A ação judicial proferida pelo juiz Emílio Migliano Neto, da 7ª Vara de Fazenda Pública, refere-se a um imbróglio antigo entre as duas partes. A CET acredita que, entre março de 2006 e outubro de 2015, o Corinthians descumpriu a lei municipal nº 14.072, que autoriza a cobrança pelos custos de operação do sistema viário decorrentes da realização de eventos, sendo essas ocasiões os jogos do Alvinegro paulista.

João Felix

Os dois lados chegaram a um acordo em 2019 para o pagamento de R$9,7 milhões em 100 parcelas por parte do clube. No entanto, a CET alega que o Corinthians pagou somente seis prestações e agora quer receber essa dívida com juros e multa. O clube deve se defender judicialmente de imediato.

Foto: Agência Corinthians

Em destaque