Carregando

Buscar

Futebol

Rony admite que bola pegou no braço em lance contra o Sport, mas admite: “Não tinha como tirar”

Compartilhe

O Palmeiras encarou o Sport na Ilha do Retiro neste sábado. Além de garantir a vitória por 1 a 0, também foi alvo de uma polêmica envolvendo Rony e um pênalti não marcado aos rivais. O atacante admitiu que a bola pegou em seu braço, mas parabenizou a postura do árbitro, que cancelou a penalidade após consultar o VAR.

“Realmente, a bola pegou na minha mão. Mas nosso zagueiro foi tirar a bola e não tinha como tirar o braço. A bola bateu na minha mão, só não bateria se eu jogasse assim (fez o gesto de colar o braço ao tronco). Tem o VAR para isso. Ele tinha que ver no VAR. Se realmente ele marca ali o pênalti, ele seria prejudicado, pois não tinha como eu tirar o braço”,  afirmou Rony, em conversa depois da partida.

João Felix

O lance ocorreu quase no fim da partida, e poderia tirar a vitória do Palmeiras, que venceu com uma equipe alternativa e colou no G-4 do Brasileirão. A internet, no entanto, repercutiu o caso. Enquanto uns defendem o atacante alviverde, outros acusam a arbitragem de beneficiar apenas algumas equipes com a regra de pênalti.

Em destaque