Carregando

Buscar

Futebol

Partido político leva eleições do Vasco ao STF

Compartilhe

O partido político Solidariedade entrou com uma ação no STF para que Jorge Salgado não assuma a presidência do Vasco. No pedido protocolado nesta quinta-feira (7), o partido pede para que a decisão tomada pelo TJRJ, no dia 7 de dezembro, seja anulada. Na ocasião, a Justiça do Rio de Janeiro, entendeu que a eleição do dia 14 de dezembro, realizada virtualmente, deveria ser validada e Salgado nomeado presidente.

O Solidariedade alega que a primeira eleição, realizada em 7 de novembro, deveria ser considerada e que Leven Siano, teria que ser o presidente eleito. O partido alega que houve violação do estatuto, já que a eleição não poderia ser realizada de forma online e que portanto deveria ser respeitado a vontade do pleito do dia 7 de novembro.

João Felix

No mesmo dia em que chega o pedido ao STF pelo Solidariedade, manifestantes estiveram na porta do TJRJ protestando contra a decisão da Justiça nas eleições vascaínas. Gritando palavras de ordem, os manifestantes levaram uma faixa com os dizeres: “O Vasco é nosso! Respeitem o estatuto. O TJ não pode decidir por nós”. 

Tags

Em destaque