Carregando

Buscar

Futebol Stick

Pai confirma que Marcinho dirigia o veículo que atropelou um casal na Barra da Tijuca

Compartilhe

O atleta de futebol Marcinho e seu, pai Sergio Lemos de Oliveira prestaram depoimento na manhã desta segunda-feira, 4, na 42ª delegacia da Polícia Civil, no Recreio dos Bandeirantes, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro. O lateral é suspeito de atropelar um casal na madrugada do dia 30 de dezembro. De acordo com o delegado do caso, Sergio confirmou, em depoimento, que seu filho era quem dirigia o carro no momento do atropelamento. Também disse que o jogador conduzia o veículo em baixa velocidade, mas negou que o filho estivesse alcoolizado.

Alexandre Silva de Lima e Maria Cristina José Soares atravessavam a Avenida Lúcio Costa, na altura do número 17.170 quando foram atingidos pelo veículo. O carro está registrado no nome da empresa de Sergio e por isso foi intimado a prestar depoimento. Alexandre morreu no local e Maria Cristina foi internada em estado grave no Hospital Lourenço Jorge.

João Felix

Na sexta-feira, 1, o jogador soltou uma nota por meio de sua assessoria. “A família do atleta sente muito pelo ocorrido e está dando todo suporte necessário aos envolvidos. O pai do lateral, Sérgio de Oliveira, prestará depoimento, assim como o atleta, durante os próximos dias, de forma exclusiva às autoridades“, disse.

Carro do jogador após o atropelamento

Tags

Em destaque