Carregando

Buscar

Futebol

Locutor chama atleta do Boca de macaco durante transmissão

Compartilhe

O Locutor da rádio argentina “Top 104.9 FM”, Atilio Costa Febre, proferiu comentários racistas durante a transmissão da partida entre Boca e River, no sábado, 2.

O jornalista, que é fã do River, transmitia a partida divulgando somente o áudio e as imagens de dentro do estúdio dá rádio e surpreendeu ao chamar algum atleta do clube rival de macaco. Como as imagens mostravam apenas os apresentadores do programa, não foi possível identificar qual jogador sofreu a injúria.

João Felix

“Ai, que ‘mono’, por favor! É tiro livre para… digo por essa imagem que a televisão me deu em primeiro plano, né? Como um ‘símio'”, disse Costa Febre. As palavras “mono” e “símio” significam macaco em português.

Logo após o comentário, diversos perfis do Boca divulgaram o ato do locutor. Costa Febre, então, foi às redes sociais pedir desculpas pelo ocorrido. “Ante um comentário meu sobre o fim da transmissão no sábado: não queria ofender ou agredir ninguém em particular e lamento se assim fui interpretado. Em 30 anos com o River, meu público e colegas sabem do meu respeito pelos jogadores e torcedores do Boca”, disse o jornalista.

Foto de Capa: Reprodução  / Youtube Top 104,9 FM

Tags

Em destaque