Carregando

Buscar

Futebol

Título, Libertadores, rebaixamento e acesso: veja as chances e riscos dos times da Série A e B do Brasileirão

Compartilhe

Com a virada do ano, é chegada a parte final da temporada do futebol brasileiro. Com 11 rodadas do fim da Série A e oito da Série B, já é possível projetar potenciais campeões, classificados para competições continentais, rebaixados e times que terão acesso à elite do país. Em estudo feito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), São Paulo e Chapecoense são os que mais se destacam entre os números.

Série A

Líder com 7 pontos de frente para Atlético-MG e Flamengo, o São Paulo tem 72,4% de chances de conquistar o título do Brasileirão. O Flamengo, atual terceiro colocado, tem 11,4%. Já o Galo, segundo colocado, tem apenas 7,9%. Em relação a vaga para a Libertadores, os três primeiros estão praticamente garantidos: São Paulo (99,9%), Flamengo (95,6%) e Atlético-MG (94,8%).

Grêmio e Internacional tem 86,9% e 84,6% de chances, respectivamente. O Palmeiras vem logo depois com 70,6% e o Fluminense tem 25,3%. Apenas os seis primeiros se classificam.

Na disputa contra o rebaixamento, dois times estão com o risco superior a 90%. O Coritiba, atual lanterna, corre 93,7% de risco de ser rebaixado, enquanto o Botafogo, penúltimo, 91,2%. Logo depois, Goiás é o mais próximo com 83%. O Bahia, que no momento está fora da zona, tem 41,2%. O Vasco tem 27,4% e o Sport 26,2%.

João Felix

Série B

O estudo aponta que os dois primeiros colocados, Chapecoense e América-MG, estão praticamente garantidos. Enquanto a Chapecoense tem 100% de chances, o América tem 99,9%. Os números também apontam que as duas últimas vagas tendem a ficar entre Juventude (54,4%), Cuiabá (48,4%), CSA (43,6%) e Guarani (28,8%). O Cruzeiro tem apenas 0,35% de chances.

Já a parte de baixo da tabela aponta que Oeste e Botafogo-SP correm mais de 99% de risco. A última vaga deverá ficar entre Paraná (77,2%), Figueirense (36,5%), Vitória (36,5%) e Náutico (35,8%).

Em destaque