Carregando

Buscar

Futebol

Ex-jogador Iaquinta é condenado pela Justiça italiana por suposta ligação com a máfia

Compartilhe

O Tribunal de Apelação de Bolonha condenou o ex-atacante Vincenzo Iaquinta, campeão com a Itália da Copa do Mundo de 2006, em dois anos de prisão por ligação com o grupo mafioso ‘Ndrangheta, influente na região da Calábria, norte da Itália. Iaquinta e seu pai, Giuseppe, foram julgados por manter, ilegalmente, armas de fogo em um cofre na casa da família.

Vincenzo recebeu dos juízes do caso o benefício de liberdade condicional. Já Giuseppe, apenas teve sua pena reduzida de 19 para 13 anos de prisão. Apesar de ter permissão para o porte de armas, o pai de Vincenzo teria sido previamente proibido de guardar armamento em sua casa pela Justiça italiana.

João Felix

A investigação faz parte de uma operação de grande magnitude chamada de “Aemilia”, que investiga a infiltração da ‘Ndrangheta na região norte da Itália, mais especificamente na área da Emilia-Romagna . A investigação é a maior da história já realizada contra a máfia calabresa. 

Iaquinta, atualmente, tem 41 anos e aposentou-se em 2013 após passagens marcantes por Udinese e Juventus. O atacante integrou o elenco que foi à Alemanha e sagrou-se tetracampeão do mundo em 2006.

Foto: Getty Images

Tags

Em destaque