Carregando

Buscar

Futebol

Candidato à presidência do Barcelona: caso Messi não aceite redução de salário, poderá sair do clube

Compartilhe

O candidato à presidência do Barcelona, Emili Rousaud, disse que, caso seja eleito, Lionel Messi terá de deixar o Camp Nou se não aceitar a oferta de redução de salário. O atual contrato do argentino termina em 2021 e a partir de 1º de janeiro Messi poderá assinar um pré-contrato com outra equipe.

“Teremos de nos sentar com o Messi e pedir que aceite uma redução de salário”, disse Rousaud à “ARA”. “Neste momento, com as coisas como estão, é insustentável. Vamos pedir-lhe para fazer o sacrifício. Se não houver acordo, Messi irá embora.” concluiu Rousaud.

Emili Rousaud, que foi vice-presidente do Barcelona, está ciente da importância do argentino para o clube, embora tenha pedido para deixar o Camp Nou na última janela de transferência. “Messi escreveu as páginas mais brilhantes da história do clube”, acrescentou Rousaud.” Temos de honrar as nossas lendas, mas a realidade é o que é acredito que as coisas têm de ser ditas como são. Não podemos enganar os nossos membros. Faremos todos os esforços para garantir que ele fique, mas sempre com os interesses do clube em primeiro lugar”, disse o possível futuro presidente do Barcelona.

João Felix
Tags

Em destaque