Carregando

Buscar

Futebol

Questionado sobre o porquê de Neymar não ser capitão, Tuchel diz: ‘Não quero que ele se distraia com isso’

Compartilhe

Thomas Tuchel, técnico do PSG, concedeu entrevista coletiva antes do clássico contra o Lyon, a ser realizado neste domingo (13) no Parc des Princes, e falou sobre o fato de Neymar não fazer parte da rotação de capitães da equipe. O grupo, formado por cinco jogadores, conta com: Kimpembe, Marquinhos, Mbappé, Navas e Verratti.

Quando abordado sobre essa questão, o comandante alemão tratou de salientar o protagonismo dentro de campo do brasileiro e dizer que a escolha foi feita para que o atacante possa se concentrar em suas atuações.

João Felix

“Falo muito com ele [Neymar], estamos sempre próximos e conversamos. Para mim, é importante que você se sinta à vontade para dizer o que quiser. Falamos muito sobre tática, e, pessoalmente, ele não está entre os cinco capitães porque não quero que ele tenha muitas coisas na cabeça, que se distraia. Ele assume a sua responsabilidade no campo, é um artista, é criativo e não quero que pense muito nas coisas relacionadas com a organização”, comentou, Tuchel.

O alemão ainda complementou dissecando a liderança de Neymar em termos técnicos, e não organizacionais.

“Se há coisas realmente importantes, ele é um dos jogadores-chave e isso é normal. Mas, quando falamos de coisas para organizar como um voo ou uma viagem, por que organizamos a semana de uma forma ou de outra, não falo sobre isso com ele porque quero que ele esteja sempre calmo e focado, que ele possa jogar com toda sua liberdade e criatividade”, finalizou o técnico.

 

Foto: Getty Images

Tags

Em destaque