Carregando

Buscar

Futebol

Novo presidente do Santos deve rescindir contrato de Robinho, diz site

Compartilhe

Eleito novo presidente do Santos neste sábado (12), Andrés Rueda, deve rescindir o contrato de Robinho com o clube. Rueda já havia antecipado ao “UOL Esporte” que não contava mais com os serviços do jogador que foi condenado a nove anos de prisão por violência sexual. 

“Sobre o Robinho, após a condenação em segunda instância, levará ao menos um ano para que ele tenha seu recurso julgado novamente. Dada a idade do atleta e a gravidade dos fatos relatados, nossa chapa não conta mais com os seus serviços no Santos FC”, disse ao UOL antes de ser eleito presidente.

Rueda voltou a ser questionado neste sábado. Ele reforçou a decisão anterior. “Até 31/12 quem dirige o clube é Orlando Rollo. Quando sentarmos lá, vamos equacionar e ver no momento a situação do Robinho. A apelação dura um ano, não podemos ficar amarrados sob absolvição ou não. Para mim, assunto está encerrado a partir do momento que ele foi condenado em segunda instância. Não tive acesso ao contrato, mas até onde sei foi suspenso, dois ou três meses, salário pequeno. Gente, isso aí acabou. Para poder recorrer é um ano. Situação ruim para jogador, clube, torcida. Não deu, não deu. Paciência, uma pena”, disse em entrevista coletiva.

João Felix

Em destaque