Carregando

Buscar

Futebol Stick

Arthur: Cristiano Ronaldo é extraordinário, me diz até o que tenho que comer

Compartilhe

Jogador da Juventus da Itália e presente nas convocações de Tite para a seleção, Arthur, em entrevista ao portal espanhol “Marca”, contou um pouco de tudo sobre sua vida na Europa. Fala sobre sua saída do Barcelona, de sua chegada a Turim e sua relação com Cristiano Ronaldo. “Cristiano é um cara extraordinário, me diz até o que tenho que comer”.

Na última terça-feira, 8, Arthur enfrentou, pela Liga dos Campeões, sua ex-equipe, o Barcelona. A partida ficou marcada pela vitória da Juventus por três a zero contra os donos da casa. Perguntado se eles haviam estudado o jogo do Barça, Arthur respondeu: “todos nós estudamos muito o Barça. O Staff tem o mérito de ter passado muito tempo analisando o Barcelona e de nos mostrar as suas fraquezas e virtudes. Treinamos nos dias anteriores e já sabíamos o que ia acontecer no jogo. O Barça joga sempre procurando o gol, todos nós sabemos, avança e deixa espaços, é normal. Se você ataca com sete ou oito jogadores prioriza a parte ofensiva e desprotege a defesa, sabíamos que teríamos alguns espaços. Foram coisas que analisamos e estudamos”, comentou o meia brasileiro.

A saída de Arthur do Barcelona para a Juventus foi um assunto também abordado. “Houve mais barulho do que eu gostaria. Assim que soube que iria embora, quis fazer as coisas certas. O Barcelona me deu muito. Foi o clube que me abriu as portas da Europa, sonho que tinha desde criança. Um clube com uma grande história e com uma grande história com jogadores brasileiros”, disse Arthur.

Questionado se achava que o clube havia se portado mal em sua negociação, o meia disse: “Não sei, isso é sempre subjetivo. É difícil falar. Tenho minha versão, minha história e gostaria que algo tivesse sido diferente, mas para eles tudo estava como deveria ser. E certamente acreditarão que deveriam ter feito as coisas da maneira que fizeram. Mas já passou. Agora vim para um grande clube para encontrar pessoas sérias na direção que me trazem muitas coisas”, concluiu Arthur.

Continuando no assunto sobre o Barcelona, o meia brasileiro foi questionado sobre a situação em que Messi demonstrou vontade de sair da equipe espanhola. “O Leo tem sido para o Barcelona o seu maior ídolo. Chegando desde muito jovem e com toda sua carreira, sua trajetória … Não estou surpreso que ele queira ir embora, mas estou surpreso com a falta de respeito que eles tiveram com Leo. Agora, se ele quer sair ou não, é sua escolha”, afirmou.

Como jogador da Juventus, Arthur tem a oportunidade de jogar com Cristiano Ronaldo, detentor de cinco bolas de ouro, e comenta como é trabalhar ao lado do craque. “Me surpreendeu a maneira como ele trabalha. Eu já sabia porque as pessoas falam, o mundo do futebol é pequeno e todos falam. Eles dizem o que ele faz, mas quando você vê de perto é impressionante. Tem dias que chegamos às duas da manhã, porque jogamos tarde, e ele começa a treinar. Quem faz isso? Cristiano. Eu brinco e digo que ele está doente, mas o que você vai dizer pra quem tem tantas bolas de ouro? Mentalmente ele é muito forte”, disse Arthur. “Cristiano é cara extraordinário. Desde que cheguei me ajudou muito, porque falamos a mesma língua. Ele está sempre perto e me ajuda, por exemplo, nas coisas que eu não entendia. Na comida também, ele até me diz o que comer. Para não comer “isso” e que “aquilo” seria bom para mim. Ele se preocupa com os outros, sempre tenta ajudar e contribuir com algo. Tive muita sorte com o Cristiano e com todo o vestiário da equipe”, concluiu o camisa cinco da Juventus.

Foto Capa Créditos: Divulgação – Juventus

João Felix
Tags

Em destaque