Carregando

Buscar

Futebol

Treinador renuncia ao cargo após discutir com jogadoras sob efeitos de álcool

Compartilhe

Segundo o portal espanhol “Marca”, o treinador da equipe de futebol feminino da Islândia, Jon Thor Hauksson, pediu demissão do cargo, após discutir acaloradamente com suas jogadoras sob efeitos de álcool, durante a festa de comemoração pela classificação da equipe à Eurocopa 2022.

– Sempre me preocupei em ser franco com os jogadores que treinei, elogiando e criticando com o objetivo de ajudá-los a se sair ainda melhor e assim fortalecer a equipe. No entanto, conversas desse tipo não são para fazer parte de uma festa e nem sob influência do álcool. Fracassei como treinador da equipe e não devia ter discutido o desempenho e o treino das jogadoras individualmente nestas circunstâncias. Foi um erro pelo qual assumo total responsabilidade e pedi desculpa à equipe e aos jogadores individualmente – destacou o técnico em seu depoimento oficial.

– Nos últimos dias, as minhas conversas com os jogadores da equipa levaram-me a concluir que será difícil reconquistar a confiança necessária entre o treinador e os jogadoras. A equipa e o seu sucesso é o que interessa e agora enfrenta uma preparação importante para o Campeonato da Europa. Em tal situação, é aconselhável que todas as partes tenham um novo treinador para assumir e começar a se preparar para este importante torneio. Portanto, solicitei e cheguei a um acordo com a KSI (a Federação de Futebol da Islândia) para renunciar ao cargo de técnico. Desejo o melhor à equipe e aos seus jogadores e acredito que o time pode alcançar bons resultados na Eurocopa – concluiu Thor Hauksson.

A Eurocopa 2022 acontecerá na Inglaterra no mês de julho. Os jogos serão realizados entre os dias 6 e 31.

João Felix

Em destaque