Carregando

Buscar

Futebol Stick

Neymar comenta abandono de campo por racismo: “É o que deveria ter feito na primeira vez”

Compartilhe

Vítima de suposto racismo no início da temporada, Neymar falou pela primeira vez sobre o caso da partida entre Paris Saint-Germain e Istanbul Basaksehir. Na ocasião, o quatro árbitro teria proferido injúrias raciais contra um membro da comissão técnica da equipe turca. As equipes paralisaram a partida e abandonaram o campo.

Neymar foi um dos comandantes da ação de abandonar a partida e não retornar aos gramados até o momento em que o árbitro fosse retirado do jogo. O fato gerou confusão e a partida acabou sendo adiada de terça para quarta-feira, em que foi comandada por uma nova equipe de arbitragem.

“A gente tem que fazer isso. Fizemos muito bem. Foi o que deu na minha cabeça, foi o que eu deveria ter feito na primeira vez. É uma coisa muito séria, muito delicada. Infelizmente, ocorreu essa situação, que é bem chata. Aconteceu comigo no começo da temporada. Senti na pele e sei que não é legal sofrer qualquer ato ou insinuação por sua cor, por sua raça”, disse Neymar em entrevista para a emissora “Telefoot”.

João Felix

Em campo, Neymar foi o principal jogador da partida, marcando três gols e liderando o PSG para a próxima fase da Liga dos Campeões da Europa. Os parisienses terminaram em primeiro lugar no Grupo H e esperam a definição do adversário que será descoberto por meio de sorteio.

Imagem de capa: Franck Fife/AFP via Getty Images

Em destaque