Carregando

Buscar

Futebol Stick

Comentarista Alê Oliveira é acusado de violência doméstica pela ex-mulher

Compartilhe

Alexandre Oliveira, o Alê, comentarista do canal “Esporte Interativo”, foi às redes sociais na segunda-feira para dizer que estava impedido de encontrar sua filha, de 12 anos, por conta de Tereza dos Santos, sua ex-mulher. O caso teve grande repercussão e, de acordo com apuração feita pelo “UOL Esporte“, o motivo do afastamento se deu por conta de seis ocorrências policiais domésticas de Alê contra Tereza.

Separados desde maio de 2020, os registros policiais aconteceram entre 2008 e 2020. Em 2008, foram registradas duas ocorrências por violência doméstica contra o comentarista. Fato que se repetiu em 2011. A última queixa aconteceu em junho de 2020, quando o casal já estava separado.

Um dossiê divulgado pelo UOL mostra que o comentarista se defendeu das acusações afirmando que a relação do casal era de “ofensas verbais mútuas”. Em comunicado, Alê afirmou que nunca agrediu a esposa e fala que o que acontecia era “excesso de ambas as partes”. Os dizeres são acompanhados de um vídeo no qual Tereza aparece riscando seu carro, no dia 28 de julho, que também gerou em um Boletim de Ocorrência.

João Felix

A ocorrência mais recente, registrada em junho, evoluiu para um ação judicial. Tereza afirma ter sido ameaçada pelo comentarista, que teria dito que não tem nada a perder e “para te botar na cadeia não precisa de muita coisa”. O UOL teve acesso ao áudio em questão. Confira abaixo:

“Deixa só eu esclarecer. Eu sou um cara do bem, só que a gente está lutando contra as forças do mal. Você não pense que eu não tenho outros recursos. Eu tenho outros recursos. É que eu não quero usar. Quero continuar no bem. Quem faz o bem, ganha o bem. Você abraçou o mal. Era evidente que você vai ter as suas consequências [sic]. Bacana, legal. Lugar da Tereza você sabe muito bem, como advogada, que é na cadeia. Falsidade ideológica, furto, chantagem, alienação parental, uma série de coisas que ela fez e deveria estar na cadeia. Eu não botei ela na cadeia por causa da [filha de Alê com Tereza]. Porque ela é tão sem escrúpulo que ela fez a cabeça da minha filha contra o próprio pai. O pai que sustenta ela, a mãe e todos os filhos. Há muito tempo. Mas, agora que eu perdi minha filha, eu não não tenho muita coisa a perder. Se você quiser continuar trabalhando para o mal, é uma escolha sua. Não adianta eu falar que você deveria ser do bem. Não tenho como fazer isso. Eu faço isso na minha vida, o Flávio [não identificado] tem na vida dele. Só que a gente tem outros caminhos, sabe? Só que a gente tenta evitá-los. Porque eu sou uma pessoa pública, porque tem a [filha de Alê com Tereza], e eu quero trabalhar. Eu vivo do meu trabalho, não vivo do trabalho dos outros. Ou você se posiciona ou você começa a aconselhar… ou a gente vai ter problemas. Sei que você é muito esperta, muito malandra, a gente sabe tudo isso. Ninguém é idiota. A gente se faz de idiota para tentar levar, né. Ali na maciota e tal. Mas você não é a pessoa mais esperta do mundo. A Tereza também não. A gente tem tudo comprovado. Então, para colocar na cadeia, não precisa de muita coisa. E você sabe disso. Agora, se você não orientar, não alertar, aí é uma falha sua, não minha”.

Mensagens entregues à Justiça mostram a forma agressiva em que Alê tratava a esposa. “Vai tirar foto pelada vai, pu** burra. Não entende nada que falo ou escrevo. Impossível uma pessoa ser tão jumenta assim. Só pedi a p**** do carinho”, dizia uma das conversas.

Em outro momento, o comentarista ataca Tereza com os dizeres: “Covarde. Assuma seus golpes. Tem vergonha de ouvir e não de fazer (…) E reza todos os dias para eu ter saúde para te sustentar hein. Você continua dependendo de mim até para limpar a bunda. Que vergonha”.

Se falando por meio de e-mails e em depoimentos à polícia, Alê criticou o hábito de Tereza de publicar fotos em redes sociais que chama de “sexualizadas”. O comentarista questionou se ela faz isso para chamar atenção de homens e que “não tem vocação para ser mãe”.

Filha de Tereza de outro casamento, a ex-enteada de Alê, publicou áudios do comentarista nas redes sociais. Em um deles, ele ameaça Tereza de forma direta. “É o seguinte, se você não colaborar com as coisas da casa, não quero ninguém mais em casa. Não quero gato, não quero p**** nenhuma. Você tá ouvindo? Tá ouvindo bem o que tô falando, né? Se não já vou dar a primeira sangrada”. Confira abaixo.

Em destaque