O empresário, que confirmou a proposta do Pafos, do Chipre, disse que espera resolver em breve com o VP de Futebol, Marcos Braz e presidente Rodolfo Landim a situação do atacante.