Carregando

Buscar

Futebol Stick

Ricardo Centurión é acusado de abuso sexual em uma festa clandestina de jogadores do Vélez

Compartilhe

Uma mulher de 28 anos acusou Ricardo Centurión de abuso sexual. De acordo com o “TyC Sports”, o depoimento contra o jogador de futebol ocorreu meia-noite desta quinta-feira, após uma festa clandestina  com mais de 20 pessoas.

Segundo fontes policiais, a denunciante foi transferida para a Delegacia Feminina de San Isidro para dar maiores explicações e formalizar o ocorrido perante os tribunais. A Promotoria Especializada em Violência de Gênero interveio no bairro suburbano de Buenos Aires e os advogados do clube já começaram a tomar conhecimento da situação.

O caso será investigado pela procuradora Laura Zyseskind, que verificará a veracidade das declarações da moça e se além de Centurión – o único até agora identificado – e outras pessoas, incluindo jogadores, eles estavam no lugar.

João Felix

O escândalo chega como uma bomba no clube, já que o Vélez tem um protocolo estabelecido nos contratos dos jogadores de futebol para estes casos. Se for comprovado, Centurión e os envolvidos serão automaticamente punidos com a rescisão. O primeiro passo é o afastamento do quadro profissional.

Essa cláusula, inclusive, foi adicionada antes da chegada de Centuríon, em 2020, já que o atleta tem histórico de violência de gênero (em 2017), quando foi denunciado pela sua ex-companheira Melisa Tozzi. 

Em destaque